sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

UM MITO?


O Mito da caverna foi uma forma de manifestar uma opinião do filósofo Platão em seu contexto de vida, porém, não se pode falar hoje que este texto escrito em sua obra "A república" é um mito, pois é a mais pura realidade do que acontece em nossos dias.
A sociedade vive acorrentada em "cavernas", e nota-se que infelizmente grande parcela gosta de viver neste lugar, muitas vezes sem ao menos saber desta situação em que se encontra, no olho do furacão. A ignorância que lhes são impostas tem seus canais de conexão entre o idealizador das idéias e os idiotas ignorantes que só absorvem os ideais sem ao menos terem consciência da necessidade de filtrar as informações ou costumes que são jogadas aos famintos, muitas vezes pelos grandes canais de comunicação em massa e principalmente pelo governo que usa todas as armas para impor o interesse do estado em manipular as pessoas no escuro da caverna como marionetes.
Com a religião não é diferente, tenta-se manipular uma grande massa, por ideologias doutrinárias que de certo modo, cegam as pessoas, tornando seres com visões muito limitadas e o mais perigoso, fanáticos. Podemos ver que a religião tem sido uma grande arma nas mãos de homens inteligentes, que sabem usar o conhecimento, sobre os pobres ignorantes. Não é dificil ver nos noticiários na contemporâneidade, homens que comentem atentados terroristas pela convicção imposta pela religião e política, mostrando assim, o seu lado irracional humano.
É sempre bom lembrar-mos dos ideais iluministas, pois podemos ver o que ocorre numa população, quando a capacidade de raciocinar criticamente vem a tona com atitudes que sobrepujam as dos grandes construtores das cavernas. Liberdade, Igualdade e Fraternidade.

3 comentários:

Maria Cristina disse...

Bruno, passei pra dar uma espiada no seu blog e me deparei com esta belíssima reflexão sobre a Obra de Platão "O mito da Caverna."
Parabéns pela sua interpretação. A partir dela notamos seu crescimento acadênmico frente, principalmente, a produção textual, aliado a uma sensibilidade que nos faz perceber sua paixão por aquilo que faz.
Eu também acredito em vc!

Super bju e estou muito orgulhosa em ser sua amiga!

Publios disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
DANIEL ANDRADE disse...

Esse bicho é uma altarquia mesmo, tá até com um blog. passei para dar uma olhada e achei massa essa interpretação sobre o mito das cavernas.
valew brunão e sucesso ai na federal cresça mais ainda cara falow.